• Início
  • Notícias
  • Fanatismo religioso foi motivo de separação de Karina Bacchi e Amaury

Fanatismo religioso foi motivo de separação de Karina Bacchi e Amaury

Imagem: Reprodução/Instagran
O casamento entre Karina Bacchi e Amaury Nunes teria chegado ao fim após quatro anos de união. Fontes próximas ao casal afirmam que o fanatismo religioso da apresentadora teria sido o estopim para o fim do matrimônio. O empresário teria tentado se adequar ao novo estilo da atriz, mas conflitos de ideais se tornaram constantes. 
 
De acordo com a coluna do Leo Dias, o pedido de separação foi feito há um mês e o divórcio já está assinado. Com o apoio de Karina, o empresário se converteu e ambos passaram a frequentar a mesma igreja. No entanto, o modo convergente de como lidavam com a fé gerava sérias discussões no cotidiano do ex-casal. 
 
Karina, que atualmente cria conteúdo bíblico para as redes sociais, está focada em seguir caminhos religiosos. Fontes revelaram que ela se afastou de amigos e começou a passar a maior parte de seu tempo na igreja. Para apoiar sua então esposa, Nunes a acompanhava e também se envolvia com o núcleo gospel. 
 
 
Essa não foi a primeira crise entre a apresentadora e o empresário. Em março de 2021, Nunes compartilhou com seus seguidores que passava por um período conturbado em seu casamento: “Agora a gente está passando por um momento bem difícil na nossa relação. Tem a ver com as diferenças, obstáculos e desafios que milhares de casais, assim como nós, enfrentam diariamente.” 
 
Karina Bacchi e Amaury Nunes não se manifestaram até a publicação deste texto. O casal também ainda não fez publicações nas redes sociais desde que a informação do divórcio veio à tona. 

Faça um comentário

Último boletim da Prefeitura de Dourados